Padroeiro Santo Antônio

Santo Antônio de Pádua, Doutor da Igreja.
Um franciscano chamado de:
“O Martelo dos Hereges”,
o “Trabalhador Maravilhoso”
e a “Arte Viva do Covenant”.

Fernando Martin de Bulhom nasceu em 15 de agosto 1195, em Lisboa, Portugal filho de um cavalheiro corte de do Rei Alfonso II, Martinho Bulhões e Maria Teresa Taveira. Em 1212 tornou-se um membro regular da Ordem de Santo Agostinho e foi educado em Coimbra em 1220. A chegada das relíquias de cinco mártires franciscanos de Marrocos, em 1221 levou Santo Antônio a entrar para a ordem dos franciscanos. Ele foi a uma missão em Marrocos e ao voltar foi designado para atender a Capítulo Geral da Ordem de Assis, em 1221. Tornando-se conhecido como um grande pregador com grande zelo e eloqüência, Santo Antônio viajou pela Itália por sua Ordem e assumiu varias posições administrativas.

De 1222 a 1224 Santo Antônio pregou contra os Catares De 1224 a 1227 ele confrontou com os hereges Albigensianos. O Papa Gregório IX , deu a ele ordem para por de lado todos os seus outros deveres, e continuar a sua pregação. Santo Antônio se fixou em Pádua, reformou a cidade, acabou com a prisão de devedores e ajudou os pobres.

Em 1231 ele sofreu de exaustão e foi se recuperar em Campossanpietro. No seu retorno a Pádua ele não agüentou e acabou morrendo no convento das “Clarissas Pobres”, em Arcella, em 13 de junho de 1231. Santo Antônio foi chamado o “Trabalhador Maravilha” pelos seus muitos milagres. Ele pregava para multidões na chuva e a sua audiência ficava seca a despeito do forte aguaceiro. Ele foi saudado como um traumatologista, após ter curado a perna de um homem que tinha sido seccionada e fez outro homem voltar à vida, para testemunhar em uma audiência de assassinato onde um inocente estava sendo considerado culpado.  Perto da morte de S. António aparece-lhe o Menino Jesus na cela de Camposampiero.

Santo Antônio é o padroeiro de Pádua, de Lisboa, de Split, de Paderborn, de Hil-desheim, dos casais é um santo popular para encontrar itens perdidos. No Brasil é o santo casamenteiro e é invocado pelas moças solteiras para encontrar um noivo. O “dia dos namorados” no Brasil, é celebrado na véspera de sua festa, ou seja, no dia 12 de junho.

Faleceu no dia 13-06-1231 em Arcella, nos arredores de Pádua. Foi canonizado em 30 de maio de 1232, pelo Papa Gregório IX, em Espoleto (Úmbria), Itália.

Foi indicado Doutor da Igreja em 16 de janeiro de 1946 por Pio XII com o título de “Doutor Evangélico”.
Fonte: https://www.santosdaigrejacatolica.com/santo-antonio-de-padua.html

X